quarta-feira, 4 de junho de 2008

Talvez seja sina de todo grande homem;
não caber em um mundo tão pequeno;
se sentir sozinho num mundo tão grande...


Nenhum comentário:

Postar um comentário