quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Antes do Anoitecer

Antes do Anoitecer (Before Night Falls) 2000, dirigido por Julian Schnabel, e produzido por Jon Kilik, escrito por Cunningham O`Keef, Larazo Gomez Carriles e Julian Schnabel, baseado no livro homônimo de Reinaldo Arenas. El Mar Pictures, Grandview Pictures / EUA


Comentar um filme "baseado em fatos reias" não é, ao menos para mim, tarefa fácil. Já estamos a princípio diante de duas "verdades", a verdade histórica e a verdade impressa pelo olhar do roteirista e do diretor do filme, estes ainda podem ser influenciados por interesses de terceiros, como produtores e financiadores. No caso do filme Antes do Anoitecer (2000), ainda temos mais um complicativo, uma outra verdade, a do livro de memórias do escritor cubano Reinaldo Arenas, no qual o longa foi baseado. Para comentar o filme eu pretendo tentar me distanciar um pouco dos fatos históricos que o inspiraram e me ater apenas à produção como obra ficcional, mas para comentar o filme é necessário que antes nos inteiremos do contexto político e econômico de Cuba no período.
.
Reinaldo Arenas (Javier Bardem) nasceu na cidade de Holguín em 16 de julho de 1943, durante o primeiro governo de Fulgêncio Batista. A situação do país não era das melhores, Cuba era assolada pela fome e pela pobreza estrema. Fulgênco ficou no poder até 1944. Em 1952, após um golpe militar apoiado pelos EUA, o ex-governante volta ao poder e instaura um regime ditatorial marcado por métodos terroristas, pela perseguição de opositores, silenciamento da imprensa das universidades e do congresso. Em 1959 Fulgêncio foi deposto por Fidel Castro, que tentaria implatar, através da revolução o modelo socialista em Cuba.

 

Em 1963 Arenas se muda para Havana capital do país para concluir os estudos, ele consegue se ingressar na Universidade de Havana, mas não chegou a concluir o curso. Naquele período Cuba vivia não só uma revolução social, mas também de costumes. Reinaldo Arenas, que era homossexual assumido, se identificava então mais com a liberação sexual do que com as ideias dos rebeldes que agora estavam no poder. A opção sexual do poeta não era bem vista pelos partidários de Fidel. Os maricones, como eram chamados os homossexuais, eram considerados depravados e, por estarem alheios à mudança política no país, eram visto como uma ameaça e seu comportamento, como uma expressão do estilo de vida capitalista.
.
O filme de Julian Schnabel mostra Reinaldo Arenas como um poeta com alma de menino, sensível e apegado às lembranças de sua infância. Por seu comportamento "libertário" Arenas se torna vítima daquilo que seria o principal erro dos regimes baseados no socialismo bolchevique, a supressão da liberdade individual. Em Antes do Anoitecer, a revolução cubana é mostrada apenas como alternância de poder e sua incapacidade de comportar estilos de vidas diferentes a torna tão cruel quanto o regime de Fulgêncio. Arenas chegou a ser preso, acusado de depravação e abuso sexual. Na prisão ele, segundo suas memórias, teria sido torturado, até que o regime decide que ele já podia ser solto (?).

 

Após frustradas tentativas de sair de Cuba, Arenas conseguiu partir quando o governo concedeu uma autorização que permitia que homossexuais e outras persona non grata deixassem a ilha. Temeroso de que pudessem impedi-lo de partir, ele adulterou seus documentos e embarcou com o nome trocado. Os EUA passa a ser, para o poeta, um ideal de sociedade livre, uma das sequências do filme mostra Arenas passeando em um conversível pelas ruas de New York; deitado no banco traseiro do veículo ele contempla os prédios e a neve que cai lentamente. Após esta sequencia ele pondera: "a diferença entre o comunismo e o capitalismo é que, quando se leva um chute na bunda no comunismo você tem que aplaudir, no capitalismo você pode berrar...". Talvez a ilusão de liberdade tivesse deixado o poeta cego (não me contive).
.
Em New York, Arenas descobriu que era portador do vírus da AIDS, nesta época começou a escrever Antes que Anochezca, livro que daria origem ao filme 10 anos depois. Em 1990, após concluir o livro, ele suicidou-se com uma dose excessiva de álcool e e drogas. Sua morte é mostrada de uma forma diferente no filme.

 

O principal destaque do filme é a atuação de Javier Bardem, que esta fantástico na pele do escritor. Por uma injustiça histórica ele perdeu o Oscar de melhor ator em 2001, prêmio para o qual foi indicado. Quem ganhou o prêmio naquele ano foi Russell Crowe pelo filme Gladiador. O elenco ainda conta com nomes de peso como Sean Penn, Johnny Depp (que interpreta dois personagens) e Hector Babenco (diretor naturalizado brasileiro, que dirigiu filmes como Carandiru (2003) e O Beijo da Mulher-Aranha (1984). Trilha sonora e fotografia são destaques à parte. Desconsiderando a alcunha de "baseado e fatos reais" e substituindo-a por "inspirado nas mémórias de Reinaldo Arenas", o filme funciona melhor ainda. Com um olhar crítico, pipoca e um refri gelado, Antes do Anoitecer é uma ótima pedida!


Assista ao trailer de Antes do Anoitecer no You Tube, clique AQUI !

Do diretor Julian Schnabel, indico também O Escafandro e a Borboleta (2007)


9 comentários:

  1. Olá =]
    obrigada pela visita no meu blog =]
    vou te seguir sim
    e vlw pela dica de post, vou dar uma olhda hehe
    muito bom seu blog viu!
    parabens
    bjos
    Leticia

    ResponderExcluir
  2. Esse filme ta na minha lista dos que eu quero ver. Muito boa sua critica.

    Vou seguir seu blog, se puder da uma passada no meu, gostando siga também :D
    http://www.thenerdsarecool.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Ol``a.. obrigada pela comentario, adorei seu blog.. volte mais vezes no meu ok? bjinhOs..

    ResponderExcluir
  4. É um dos melhores filmes que ja vi... Bardem está magnífico !! Vale mto a pena conferir ese filme...

    ResponderExcluir
  5. Eu aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaammmmmmmmooooooooooo esse filme, José Bruno! Nossa...amo de paixão. O comprei só pq tinha o Johnny Depp(participaçõezinhas mííííínimaaaaaaas, eu sei... mas, impagáveis! rs)

    Aprendi a gostar do Javier Bardem nesse filme...

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto!!!
    Javier...Well, adoro suas interpretações. Portanto, o filme deve ser bom!
    Juntar política, aspecto social e opção sexual - sempre dá 'samba'.
    MILK também é um bom filme!!!
    beijos
    e até breve.

    ResponderExcluir
  7. MInha utopia : ter meu blog na barrinha : pela Estrada Tijolos Amarelos
    hehehehe
    ;)

    ResponderExcluir