segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Os Imorais

Os Imorais (The Grifters) 1990, dirigido por Stephen Frears, escrito por Donald E. Westlake e produzido por Martin Scorsese. EUA.

.
Adaptado da obra do autor Jim Thompson, o filme uma espécie de noir moderno, passeia pelo submundo de mafiosos, trapaceiros e mulheres fatais, cenário que rendeu clássicos absolutos do cinema desde os primórdios de Hollywood. As atuações são quase impecáveis, justificando as indicações ao oscar de melhor atriz (Anjelica Huston) e melhor atriz coadjuvante (Annette Bening). Stephen Frears, o diretor também estava no que seria até então um de seus melhores momentos. Ligações Perigosas (1988), seu longa anterior havia sido indicado a sete Oscars, dos quais arrematou três. Com Os Imorais, o cineasta inglês seria indicado ao Oscar de melhor diretor em 1991, prêmio que perdeu para Kevim Kostner que dirigiu Dança com Lobos.


O filme ainda concorreu ao Oscar de melhor roteiro adaptado, indicação que na minha opinião seria um tanto exagerada, uma vez que apesar de o filme funcionar bem como um drama policial/psicológico, ele é dentro do que se propõe um tanto primitivo. Roy Dillon (John Cusack) o personagem principal, um trapaceiro que ganha a vida com pequenos golpes, apesar de ter as mãos sujas, não parece tão contaminado com a imoralidade, (em determinados momentos o roteiro sugere um relação incestuosa entre o personagem e sua mãe, no entanto o contexto em que se dá a relação, esta pode ser melhor interpretada como abuso sexual).


Apesar de tudo que acontece a sua volta e de sua relação com sua mãe, Roy parece não possuir "cicatrizes" , sequelas ou crises de consciência e sua postura de se manter como pequeno trapaceiro, ao invés de se ingressar no crime organizado, é quase inocente. Sua namorada Myra Langtre, apesar da ótima interpretação de Annette Bening, é outro personagem que parece não estar bem definido historicamente na trama, é outra que escapa ilesa demais, se é que me entendem, de seu passado obscuro.


No fim das contas, pode se concluir que o filme é bom, principalmente se comparado a uma série de filmes que tentam recriar o mesmo estilo nos dias de hoje, mas não é nenhum clássico absoluto e a alcunha de cult que atribuem a ele não se justifica. Se você procura um bom filme com ótimo elenco e boa produção ai está a dica, agora se você busca uma obra prima, o produtor de Os Imorais, tem a resposta, Martin Scorsese dirigiu no mesmo ano um dos clássicos do gênero drama policial: Os Bons Companheiros.


Assista ao trailer de Os Imorais no You Tube, clique AQUI !

.

Um comentário: